No dia 5 de Outubro enviámos ao Celeiro a sugestão de retirar a dica “seja discreto” do panfleto sobre Alimentação Vegana disponível nas suas lojas. A nossa colaboradora Tânia Alves Silva também contactou directamente a empresa sobre este tema, tendo já recebido uma resposta. Publicamos abaixo a respectiva troca de emails, na qual a Equipa Celeiro afirma que a dica em questão será retirada da próxima impressão do folheto. Parabéns ao Celeiro pela forma construtiva como encarou esta sugestão e pela celeridade e disponibilidade demonstradas!

Celeiro para Tânia Alves Silva

O meu nome é Tânia Alves Silva e sou cliente há vários anos da Celeiro. Fiquei pessoalmente triste e desapontada com a Vossa sugestão de “ser discreto” às pessoas que são veganas ou que estão em processo de transição. Eu sou vegana e tenho muito orgulho nesse facto. Não consigo conceber que devamos ter vergonha por optarmos por um estilo de vida livre de crueldade animal e que contribui sobremaneira para reduzir a nossa pegada ambiental e para conservarmos o nosso Planeta.

Não há razão para esconder o que quer que seja! Todos nós, veganos, já passamos por ser os “radicais” e “extremistas” algures na vida (se bem, que na minha opinião comer cadáveres de animais é que é radical, mas adiante), mas poucas coisas nos trazem mais satisfação! do que ter contribuído para que uma única pessoa que seja diminua ou mesmo elimine o seu consumo de carne e/ou peixe! :) Por isso, falaremos sempre, os animais não têm voz para se defender.

Tirando este facto, que espero que rectifiquem futuramente, aproveito para congratular-vos pelo excelente trabalho que têm realizado democratizando o acesso a produtos veganos a mais pessoas.

Com os melhores cumprimentos,
Tânia Alves Silva

Celeiro para Tânia Alves Silva

Boa tarde,

Antes de mais, agradecemos o seu contacto.

Os clientes são a razão de qualquer negócio e tem sido com as sugestões e reclamações dos nossos consumidores que temos evoluído.

Agradecemos o seu email detalhado e gostávamos de pedir que nos envie uma foto do folheto para identificarmos o que menciona. De facto, se assim está deve ter sido alguma gralha. O Celeiro tem sido, em Portugal, o maior impulsionador do vegetarianismo e veganismo. No nosso sortido de mais de 7000 produtos, mais de 95% são aptos para vegetarianos. A exceção aplica-se quase apenas em casos de intolerâncias, como os produtos sem glúten, ou a casos de suplementos alimentares onde o existe a necessidade de ajuda na resolução de determinadas patologias, em que temos algumas referências não vegetarianas para satisfazer a necessidade de alguns clientes.

Nossa revista Vida Celeiro, ao longo de 10 anos não há edição onde não promovamos o vegetarianismo. Temos inclusivamente diversos projetos com parceiros que visam a preservação e proteção da natureza e animais.

Por isso temos todo o orgulho e assumir e divulgar o vegetarianismo e veganismo :)

Ficamos a aguardar,

Cumprimentos

Equipa Celeiro

Tânia Alves Silva para Celeiro

Boa tarde,

Obrigada pela célere resposta! Segue, em anexo, o que referia no meu contacto inicial. Reitero que não vejo justificação alguma para sermos aconselhados a “ser discretos” e não divulgarmos o facto de sermos vegetarianos ou veganos, a não ser quando questionados.

A única interpretação que consigo imaginar que tivesse como eventual objectivo proteger as pessoas que agora se iniciam nesta jornada de vida, é o de (agindo) assim evitarmos pressões externas por parte das outras pessoas. Para quem está a começar, é verdade que pode ser overwhelming ter de responder a perguntas sobre tudo o que comemos ou não comemos.

Obrigada pela atenção!

Celeiro para Tânia Alves Silva

Boa tarde,

Agradecemos mais uma vez.

Com a sua ajuda já identificámos. A equipa de nutricionistas que preparou o folheto, de facto, disse-nos que a intenção era mesmo a que menciona. Não deixar que pressões ou juízos de valor de terceiros influenciassem a decisão.

De qualquer forma, como já dissemos, a nossa missão é impulsionar o vegetarianismo e veganismo, pelo que iremos alterar este folheto numa próxima impressão, eliminando a frase por si mencionada :)

Agradecemos mais uma vez a sua ajuda,

Obrigado

Equipa Celeiro

Celeiro

Comments are closed.