O Forest Green Rovers FC, da National League (a quinta divisão inglesa), tornou-se no passado fim-de-semana o primeiro clube de futebol do mundo com alimentação exclusivamente vegana. A partir de agora, a comida servida a jogadores, funcionários e até mesmo aos adeptos no estádio The New Lawn é de origem 100% vegetal.

O clube já tinha dado o passo de deixar de servir carne há cerca de quatro anos, mas deixa agora também de lado o peixe e os derivados de animais. Dale Vince, chairman do clube, aponta o sofrimento dos animais, o impacto ambiental e a saúde humana como as razões desta decisão.  O Forest Green pretende ser “o clube mais sustentável da Grã-Bretanha e provavelmente do mundo”, e para isso tem levado a cabo diversos projectos, desde a recuperação da água da chuva para rega, à colocação de painéis solares no estádio, passando pela manutenção do relvado de acordo com os princípios da agricultura biológica. A transição para o veganismo enquadra-se também nesse objectivo.

Pizzas, tartes, hambúrgueres e fajitas são alguns dos snacks veganos que passaram a estar disponíveis no estádio dos Green Devils, que, segundo divulgaram no Facebook, têm recebido mensagens do mundo inteiro na sequência desta decisão. O pontapé de saída do primeiro clube vegano do mundo não podia ter corrido melhor, já que no dia da estreia do novo menu o Forrest Green venceu o Chester por 2-1,  mantendo-se firme no 1º lugar da tabela da National League.

Forest Green Rovers

Uma resposta até agora.

  1. Hosting diz:

    O design do trofeu e baseado na heraldica dos ” tres leoes ” que estao associados ao futebol ingles. Dois dos leoes sao encontrados acima das alcas de cada lado do trofeu — o terceiro e simbolizado pelo capitao do titulo da equipe vencedora quando ele levanta o trofeu, e sua coroa de ouro, acima de sua cabeca no final da temporada.

Comenta este artigo